Saiba como lidar com o chefe egocêntrico

 

Olá concurseiros, trabalhar com um profissional que deseja estar no centro de todos os acontecimentos é ruim para o clima organizacional. A situação se agrava quando esta pessoa é o chefe.
O presidente do conselho de sócios da Mariaca e professor da Brazilian Business School, Marcelo Mariaca, explica que os líderes com este perfil ofuscam o talento dos outros profissionais porque se sentem ameaçados. O chefe egocêntrico tem medo de perder o cargo que ocupa.
O especialista alerta que esta situação é muito comum, apesar das empresas buscarem pessoas que saibam trabalhar em equipe e investirem na retenção de talentos.
Como lidar
Lidar com um chefe egocêntrico, arrogante, com excesso de vaidade, que rouba os créditos de uma ideia e reduz a autoestima de seus subordinados exige do profissional, além de paciência, muito “jogo de cintura”.

A primeira dica dada por Mariaca é não confrontar este chefe inseguro em público, já que pode incentivar ainda mais a insegurança deste profissional. Caso tenha uma sugestão, é indicado conversar reservadamente com o líder, antes de discuti-la em público.

O especialista aconselha também que o profissional não tente conquistar o chefe com elogios exagerados, pois ele pode se sentir manipulado.

Caso o chefe egocêntrico seja inconveniente ou desrespeitoso, converse com ele primeiro, mas, se necessário, procure outros aliados dentro da empresa, até mesmo falando com o chefe deste profissional. Esta medida só deve ser tomada nas situações limite.

“Relacionamentos em geral são complicados e ninguém tem a garantia de que encontrará, no próximo emprego, um chefe dos sonhos. Portanto, antes de se demitir por causa de um chefe inseguro ou egocêntrico, aposte suas fichas na melhora da comunicação e do relacionamento. Afinal, muitas vezes o emprego atual é a melhor oportunidade de crescimento de uma carreira”, finaliza Mariaca.

0 comentários: