Petrobras já prepara um novo concurso público 2011

 

O sonho de construir uma carreira pública com solidez, bons vencimentos e benefícios, reconhecimento e valorização profissional e possibilidade de crescimento acadêmico e funcional pode ser atingido por meio dos concursos que a Petrobras planeja realizar até 2013. Nesse período, deverão ser abertas uma ou duas seleções por ano para serem providas, pelo menos, 6 mil vagas, de acordo com o gerente de Gestão do Efetivo da estatal, Lairton Correa de Souza.
 Segundo informaram fontes à FOLHA DIRIGIDA, a Petrobrás estaria consultando bancas para definir a empresa organizadora do próximo concurso, previsto para sair até dezembro ou, no mais tardar, no início do ano que vem, conforme resultarem os levantamentos que vêm sendo feitos pelos diversos segmentos da companhia.
Até o fim do cronograma, em 2013, a expectativa é que os cargos com maior demanda de pessoal sejam técnico (de manutenção, de operação e de projetos, construção e montagem), engenheiro (Equipamentos, Petróleo, Processamento e Naval), geofísico e geólogo.
O melhor caminho para obter êxito em uma seleção da Petrobras, que costuma atrair grande concorrência (a média gira em torno de 100 candidatos por cada vaga disposta em edital), passa pelo estudo antecipado e o conhecimento do perfil de questões elaboradas pelas duas bancas que se alternam na organização dos concursos – Cespe/UnB e Fundação Cesgranrio -, de acordo com especialistas.
Os funcionários, que serão celetistas, terão remunerações de, pelo menos, R$1.647,19 (níveis médio e médio/técnico) e R$5.685,07 (superior). Entre os atrativos da Petrobrás, estão um plano de cargos e salários, auxílio-creche ou auxílio-acompanhante, auxílio-ensino, complementação educacional, assistência multidisciplinar de saúde (médica, odontológica, psicológica e hospitalar), benefício farmácia, plano de previdência complementar (opcional) e, entre os principais, a participação nos lucros e/ou resultados.

Fonte: Folha Dirigida

0 comentários: