Dicionário do mundo corporativo


 

Traduzimos um resumo dos principais termos ouvidos em reuniões para você não ficar de fora da conversa
Ouvimos a mesma história desde pequenos: “se não sabe, pergunte”. A recomendação tem um peso especial para estagiários e trainees, pois parte de suas obrigações consistem justamente em aprender. Mas o mundo corporativo criou uma linguagem própria para se comunicar e aos iniciantes algumas reuniões podem parecer conversas cifradas. Há empresas em que se diz “insight” em vez de ideia. A palavra “deadline” significa data final de entrega e um “brainstorm” é uma reunião para troca de sugestões e opiniões. Podem confundir até mesmo quem tem familiaridade com o inglês.
Perguntar é legal e demonstra interesse, mas para você não ficar boiando em seus primeiros dias no trabalho, ou não ter que interromper reuniões para perguntar o que é “benchmarking” preparamos esse pequeno dicionário com algumas das expressões mais comuns, usadas no mundo corporativo. Saiba ainda como seu email corporativo é monitorado, ou ainda se dá para namorar com colega de tabalho e qual a roupa certa para cada empresa. Você pode também ficar sabendo de tudo isso pelo Twitter.

DICIONÁRIO CORPORATIVO
 Assessment management: Avaliação do potencial de profissionais.

Assignments: Tarefas ou compromissos a serem cumpridos.

Avaliação 180 graus: Avaliação de desempenho feita por chefes e clientes.

Avaliação 360 graus: Avaliação de desempenho feita por chefes, clientes e subordinados.

Background: Experiência e conhecimento pessoal ou profissional.

Benchmarking: Trabalho de comparação do desempenho e procedimentos de diferentes empresas para identificar as melhores práticas.

Brainstorm: Reunião para trocar ideias e explorar a criatividade coletiva.
Briefing: Informações necessárias para realização de um trabalho.

Budget: Orçamento.

Business plan: Plano de negócios.

Business unit: Unidade de negócios;

CEO: Sigla para chief executive officer que significa diretor-executivo ou geral. É o cargo mais alto na hierarquia da empresa.

Coaching: Treinamento feito por um consultor de carreira para impulsionar o crescimento profissional, com base em autoconhecimento.

Competências: Conjunto de conhecimentos, habilidades, comportamentos e aptidões do profissional

Cultura organizacional: Hábitos do dia a dia ligados à missão e aos valores da empresa.

Deadline: Data de entrega ou finalização de uma tarefa.

Downsizing: Reorganização da empresa para deixá-la mais ágil e eficaz, reduzindo o número de funcionários e os níveis de hierarquia.

Endomarketing: É o marketing interno, ou seja, ações desenvolvidas para conscientizar ou informar os trabalhadores.

Feedback: Retorno que um superior dá ao funcionário sobre seu desempenho no trabalho com o objetivo de aprendizagem.

Follow up: Dar acompanhamento a um projeto ou negócio.

Headhunter: Pessoa especializada na procura de profissionais para ocupar, geralmente, cargos executivos nas empresas.

Insight: Uma pessoa usa esse termo quando tem uma ideia.

Job rotation: Rodízio de funções ou departamentos que o funcionário faz para adquirir novos conhecimentos e experiências sem sair da empresa.

Mentoring: Profissional experiente que passa conhecimentos sobre trabalho e carreira para os mais jovens. Hoje essa função recebe o nome de coaching.

Meritocracia: Política de promoção e de recompensa aos funcionários com base no mérito pessoal

Networking: Rede de contatos que pode servir para uso profissional ou pessoal.

Ombudsman: É um profissional ou departamento responsável por intermediar a comunicação entre o público e a empresa.

On-the-job: Processo de aprendizado e treinamento que o trabalhador faz sem sair da área ou do departamento de atuação.

Overhead: Despesas operacionais.

Reengenharia: Processo de mudanças dos procedimentos da empresa.

Top of mind: Marca ou produto mais lembrado espontaneamente.

Turnover: Rotatividade de funcionários dentro de uma empresa, medida pela média de pessoal que se mantém fixa na companhia.

Bons estudos.!

 


0 comentários: